Nos atuais resultados do ranking Masters in Management do Financial Times, que anualmente lista os melhores mestrados em gestão do mundo, a Nova SBE ascende à 15ª. posição mundial, subindo oito posições.

Este excelente resultado surge após a Nova SBE ter atingido o 9º. lugar na Europa e 11º do mundo com o Mestrado Internacional em Finanças e a 22ª posição no ranking internacional de formação de executivos, ambos do Financial Times, reforçando a posição da Nova SBE no contexto internacional e o cumprimento da promessa que fez à sociedade portuguesa. 

Com esta classificação a Nova SBE continua a ser reconhecida como a escola portuguesa mais bem classificada, tornando-se na primeira escola nacional a integrar o seleto TOP 15 das melhores escolas a nível mundial nos rankings do Financial Times, quer com o mestrado em finanças, quer em gestão.

Com esta subida na classificação do ranking, a Nova SBE passa a integrar “o grupo das escolas que pontuam acima da média”, refere o FinancialTimes.

Daniel Traça, Dean da Nova SBE, destaca: “Tornarmo-nos na primeira escola portuguesa no Top 15 do Financial Times é uma grande conquista para a Nova SBE e para Portugal. A nossa missão é desenvolver talento que impacte o mundo - líderes para um mundo mais sustentável, menos polarizado e mais justo.
Ao longo dos últimos quatro anos, a Nova SBE alcançou um lugar de destaque entre as business schools europeias, cumprindo o compromisso assumido com muitos em Portugal. Esse resultado amplifica a nossa capacidade de atração e desenvolvimento de alunos com o poder de terem um impacto real e transformador. Esse continuará a ser o nosso caminho de relevância
”.
Rita Cunha, Deputy Dean of Pre-Experience Studies na Nova SBE, subinha: “Devemos este resultado a muitas pessoas. Ao corpo docente, que se comprometeu a entregar um programa tecnicamente forte, com conteúdos de vanguarda, num grande número de cursos diferentes, assim como a todo o staff que promove uma experiência excelente aos estudantes. E este resultado deve-se, claro, à qualidade dos estudantes e graduados, à sua criatividade, intelecto e qualidades humanas. Estão preparados para ter um impacto no futuro das organizações e da sociedade, são valorizados pelos empregadores, nacionalmente e internacionalmente. Devemos estar todos orgulhosos deste incrível programa!”. A Nova SBE destaca-se no top 10 no que diz respeito aos indicadores de ‘Career progress’ (7º) e ‘International Work Mobility’ (8º). Ao nível da empregabilidade a três meses, a Nova SBE atinge uma percentagem de 96 % e na satisfação geral conquista uma pontuação de 8,77.

O Ranking Masters in Management 2022 Financial Times avalia e lista os 100 melhores mestrados de gestão de todo o mundo, contemplando 17 indicadores para classificar a qualidade do mestrado e da escola, em três principais dimensões: progresso de carreira dos graduados, diversidade da escola e investigação e experiência internacional.

Desde o último ano no campus de Campolide, em 2018, a Nova SBE teve uma subida acentuada nos rankings do Financial Times. O Mestrado em Gestão subiu 15 lugares, passando da 30ª. posição para a 15ª. O Mestrado em Finanças subiu oito lugares, passando da 19ª. posição para a 11ª. A formação de executivos subiu 28 lugares, passando da 50ª. posição para a 22ª.

A escola acredita que estes resultados são a prova da sua aposta na preparação de profissionais e futuros líderes com competências para levar a cabo transformações para uma liderança humanista (na administração publica, nas empresas ou nas ONGs), capaz de assegurar um mundo mais sustentável e mais harmonioso.

Publicado em 
12/9/2022
 na área de 
Institucional

Mais artigos de

Institucional

VER TODOS

Join Our Newsletter and Get the Latest
Posts to Your Inbox

No spam ever. Read our Privacy Policy
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.