Nova SBE

David Roberts: “Os líderes exponenciais não tentam mudar o mundo. Mudam-se a si próprios”

22 de Junho de 2021 por Nova SBE Executive Education

David Roberts, speaker da Singularity University, foi a estrela de mais um SingularityU Cascais Lisbon Chapter Exponential Generation, dedicado aos mais jovens, que teve lugar no campus de Carcavelos, na passada quarta-feira. O especialista em Tecnologia, Disrupção e Liderança Exponencial deixou uma mensagem clara sobre potencial e mudança: todos temos a capacidade de fazer a diferença.

Artigo de Nova SBE Executive Education| Leitura de 4 minutos

David-Roberts

Viagens a Marte, realidade virtual real, retardamento do envelhecimento ou carros voadores? Estas possibilidades parecem-nos ainda longínquas, mas David Roberts garante que podem estar mesmo prestes a tornar-se numa realidade. O fundador dos Global Inspiration Goals falou sobre o grande potencial das tecnologias exponenciais, que já começaram a trilhar o seu caminho e não poderão ser travadas.

O especialista da SU sublinhou que as evoluções tecnológicas podem facilitar-nos a vida, mas há a possibilidade de também criarem novos problemas.

“Uma coisa é certa: estamos prestes a ficar verdadeiramente poderosos, muito rápido. E eis a grande questão: podemos tornar-nos muito poderosos, mas não muito bondosos, atenciosos, carinhosos ou ter compaixão. A tecnologia é exponencial, mas nós não somos”.

Mas, como podemos assegurar um mundo melhor ou usar estas tecnologias para solucionar os grandes problemas da Humanidade? Segundo o speaker americano, “todos querem mudar o mundo, mas poucos têm a coragem de mudarem-se a si próprios”, muitas vezes porque acreditam que não irão conseguir fazer qualquer diferença.

“Como é que fazemos a diferença? Primeiro temos de nos aperceber de que podemos fazer a diferença. Se pensarmos que não podemos fazer a diferença, então nunca vamos tentar fazê-la”, porque as pessoas que mudam o mundo “não têm qualquer superpoder, para além de características como a coragem, integridade e humildade. Noutras palavras: mudam-se a elas próprios. Esse é o seu superpoder”.

Os líderes exponenciais não tentam mudar o mundo. Mudam-se a si próprios e, depois, o mundo começa a mudar à sua volta”, afirmou, garantindo que o objetivo não deve ser criar seguidores de uma determinada ideia ou movimento, mas antes formar novos líderes, para estender a rede de influência. É desta forma que se faz a diferença no mundo. “Isto é verdadeiramente exponencial. É apenas necessária uma pessoa numa empresa para mudar totalmente essa organização”. O único elemento indispensável e vital para alterar a realidade, segundo David Roberts, é a coragem moral, “uma comodidade rara, mais rara do que a bravura no campo de batalha ou uma mente brilhante”.

“Eu falei-vos de tecnologia exponencial, mas a verdade é que nós é que somos potencialmente a coisa exponencial. A tecnologia só o é, porque a fizemos para o ser”.

David Roberts esteve presente na Nova SBE, no SingularityU Cascais Lisbon Chapter Exponential Generation, na quarta-feira passada, e foi guest speaker do SingularityU Lunch Câmara Municipal de Cascais & Enterprise Ecosystem e CEO Council, no dia seguinte.

Já conhecia o nosso speaker? Saiba mais sobre o percurso profissional de David Roberts, especialista em Tecnologia, Disrupção e Liderança Exponencial, aqui.

CTA-SU

Tópicos: Negócios Sustentáveis, david roberts

Subscreva o nosso Blog

 

Nova SBE

Quer escrever
para o Blog?

Saber mais