Nova SBE

Formação de Executivos da Nova SBE é N.º 1 em Portugal no Ranking 2020 do Financial Times

11 de Maio de 2020 por Nova SBE Executive Education

A Nova School of Business & Economics (Nova SBE) tem o prazer de anunciar que foi distinguida pela prestigiante publicação do Financial Times, voltando a assumir-se na edição de 2020 e pelo segundo ano consecutivo como a business school nacional mais bem classificada em Formação de Executivos, consolidando também a 23.ª posição ao nível europeu e ascendendo do 45.º ao 44.º lugar ao nível global.

Artigo de Nova SBE Executive Education| Leitura de 1 minuto
ftblog1


No ranking de 2020 do Financial Times – que incorpora a própria avaliação dos participantes em programas abertos de formação de executivos –, a Nova SBE vê especialmente destacadas as pontuações referentes aos critérios de “qualidade do corpo docente” (subindo da 45.ª para a 38.ª posição mundial), “conteúdos e metodologia pedagógica” (ascendendo da 39.ª para a 37.ª posição) e “desenho do programa” (subindo do 39.º para o 37.º lugar), assumindo-se como a escola líder em Portugal nestas áreas.

No ranking de programas customizados de formação de executivos do Financial Times, a Nova SBE integra hoje, no que diz respeito ao critério de “crescimento”, o TOP 10 mundial (subindo da 61.ª para a 8.ª posição) – vendo reforçados a sua aposta e o seu papel no crescimento sustentável da economia portuguesa e dos seus parceiros. Também o compromisso de impacto da escola é comprovado pela subida no critério “uso futuro” dos seus programas e conteúdos.

Daniel Traça, Dean da Nova SBE, frisa “Este resultado é consequência do compromisso de impacto e transformação sustentável que assumimos junto da nossa comunidade. Continuaremos a trabalhar com as nossas empresas parceiras para preparar para um novo paradigma que requer, mais do que nunca, um mindset ágil e permeável à mudança.”

Pedro Brito, Associate Dean for Executive Education & Business Transformation da Nova SBE, destaca que “o reforço da posição de liderança é algo que nos devemos todos orgulhar, mas mais importante ainda é o impacto que os nossos programas têm nos participantes e empresas. Algo que só é possível graças à qualidade do corpo docente, abordagem metodológica e desenhos dos programas focados nos reais desafios do mercado”.

Artigo orginalmente publicado pela Nova School of Business & Economics

New call-to-action

Tópicos: Notícias

Subscreva o nosso Blog

 

Nova SBE

Quer escrever
para o Blog?

Saber mais