Nova SBE

E se a macieira for a solução para reinventar a sua organização?

8 de Julho de 2020 por Catarina Holstein

Todos sabemos  que a metáfora é um meio poderoso para nos ajudar a compreender vários aspetos da vida e, mais ainda, sobre nós próprios. Metáfora deriva do grego μεταφορά e significa "transferência, transporte para outro lugar" e é, de facto, uma figura de linguagem à qual recorremos frequentemente para produzir sentidos figurados através de comparações.

Artigo de Catarina Holstein | Ilustrações de Rita Bebiano | Leitura de 5 minutos
marissa-price-m1Ipu5OSSAk-unsplash (1)

Marissa Price

Carl Jung, psiquiatra e psicoterapeuta suíço e um dos grandes pensadores do século XX, chama-lhe mesmo "the healing symbol", pela capacidade que a metáfora tem de nos fornecer imagens, que podem transformar padrões inconscientes, em formas assimiladas e compreendidas pelo nosso consciente. Segundo o mesmo, a metáfora afeta o ser humano a três níveis: o mental, em que interpretamos o significado; o imaginativo, onde se encontra o poder transformador; e o emocional, onde nos conectamos aos sentimentos incorporados na metáfora (Woodman, 1993).

A experiência de aprendizagem para executivos Adam's Choice é estruturalmente diferente de tudo o que até agora foi oferecido em termos de formação na nossa Escola. A sua abordagem metodológica assenta no ser humano como ser único e holístico, cuja aprendizagem acontece a todos os níveis da sua existência: corpo, mente e espírito. E é por isso que não falamos em curso, mas sim em jornada, não falamos em aulas, mas sim em experiências, não falamos em professores, mas sim em experience designers. É também por isso que não nos limitamos ao campus, olhamos, sim, o mundo como uma enorme sala de aula com potencial ilimitado.

Para que melhor consigamos compreender a riqueza do Adam's Choice, convido-vos a olhar para aquela que para mim é a maior fonte de inspiração: a natureza. Escolhemos a macieira como metáfora para o participante, não só por ser a originária da maçã de Adão, que dá nome a este projeto mas, também, pelo seu processo de crescimento lindíssimo e verdadeiramente brilhante e ainda por ser considerada das árvores mais flexíveis e resilientes do mundo, pela sua capacidade de adaptação às condições climáticas mais adversas, que vão desde o frio do Canadá (dando fruta mesmo em temperaturas abaixo dos 30°C) até ao clima tropical de África. E são exatamente essas características que fazem da maçã um dos frutos mais consumidos no mundo e a macieira uma das árvores mais antigas. Já dizia Charles Darwin:

"Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças". Sem dúvida, algo extremamente necessário hoje, mais do que nunca.

Assim, ao longo da jornada Adam's Choice, o participante vai crescer como uma macieira, passando primeiramente pela poda, depois pela polinização, mais tarde pela transformação da flor em fruto e, finalmente, pelo amadurecimento do fruto e consequente colheita. É através desta jornada que o participante é desafiado a criar a sua própria metodologia de escolha, à qual chamamos Choosenology,  que será reflexo da sua individualidade e de um profundo caminho de auto-conhecimento.

PODA-2


Poda
// Define Your Path

A poda é uma prática hortícola e silvicultural que envolve a remoção seletiva de certas partes de uma planta, no caso da macieira, os ramos, reconhecendo e mantendo aqueles com maior potencial de crescimento e sustentação. Uma macieira podada ganhará estrutura e forma, crescerá de forma mais saudável e gerará frutos de maior qualidade.

Esta primeira fase do programa - Define Your Path - é o momento de definição da jornada do participante, de compreender quem é, de avaliar como se encontra em cada uma das seis dimensões do ser humano (física, social, emocional, intelectual, espiritual e ocupacional) e de definir aquelas que precisam de maior foco e investimento neste momento da sua vida. Procuro deixar cair o que me pesa, para florescer de forma mais vigorosa.

POLINIZACAO (1)

Polinização // Nurture Your Soul

A polinização é a transferência de pólen das flores das macieiras polinizadoras (masculinas) para as flores das macieiras portadoras (femininas) permitindo, posteriormente, a fertilização e a produção de sementes. Este transporte é feito, quase sempre, por abelhas.

Tal como a macieira, nós seres humanos, precisamos também de todo um ecossistema para nos desenvolvermos e para potenciarmos a nossa transformação. Nesta que é a etapa Nurture Your Soul, proporcionamos este espaço de nutrição, de partilha, de inspiração e de capacitação, através de iniciativas assentes numa jornada tanto individual, como em grupo. São iniciativas que seguem um processo evolutivo e que se interligam entre si: numa vertente mais individual, o peer mentoring (em que o participante é tanto mentor como mentee) e acesso a conteúdo personalizado, e numa vertente de grupo, fazendo parte de uma pequena tribo de co-learning com 5 a 6 elementos, com acesso a masterclasses exclusivas, únicas e originais.

TRANSFORMACAO (1)

Transformação // Immerse Yourself

Só as flores polinizadas geram fruto. E é depois da polinização que ocorre a fertilização, que faz nascer as sementes que se transformarão em maçã, fazendo com que as pétalas das flores caiam. Esta transformação acontece de dentro para fora, tal e qual a terceira fase do programa Immerse Yourself. Nesta etapa, o estado mental do participante será totalmente absorvido e envolvido pela experiência imersiva, que permite uma alienação do exterior, uma libertação das âncoras do dia-a-dia e das crenças e dogmas estabelecidos, tornando-se “tábua rasa” para aprender. Através desta vivência holística poderosa, cria-se o potencial de fazer nascer novos modelos mentais que potenciam uma transformação estrutural na vida do participante.

COLHEITA (1)

Maturação // Take Action

A colheita da maçã só deve ser feita depois de esta atingir um adequado estado de maturação, de forma a apresentar elevados padrões de qualidade sensorial. Para a colheita, as maçãs “devem estar maduras (e não amadurecidas) e, por isso, firmes, crocantes, bem coloridas e aromáticas”. Sem a maturação adequada, as maçãs terão uma baixa qualidade gustativa e serão mais suscetíveis ao aparecimento de desordens fisiológicas na fase do armazenamento (Público, 2013).

Assim como com a macieira, também o participante passará por uma fase de crescimento e de “maturação”, o período durante o qual incorporará todas as aprendizagens, através da reflexão, tomada de consciência e exploração dos seus novos modelos mentais e consequente aplicação na sua vida, tendo desenvolvido resiliência e estando agora preparado para atingir a Choosenology. A última e quarta etapa do programa, Take Action, é fundamental pois prepara o participante para a “colheita dos frutos” de todo este processo de desenvolvimento, frutos estes com potencial para gerar novos ecossistemas inteiros.

Em suma, o que podemos então aprender com a macieira?

  1. Que o meu processo de crescimento e de maturação requer tempo e espaço.

  2. Que, para desenvolver resiliência, preciso de fatores externos, de quem dependo e que me influenciam.

  3. Que, para colher frutos, preciso de passar pelas várias etapas de crescimento e que este é um processo cíclico de renovação e para a vida.

Quem não quer então crescer como uma macieira? E que impacto poderá ter numa organização a colheita de cada um dos seus colaboradores?

New call-to-action

 

Tópicos: Artigos de Opinião, Liderança & Pessoas

Catarina Holstein

Publicado por: Catarina Holstein

Subscreva o nosso Blog

 

Nova SBE

Quer escrever
para o Blog?

Saber mais